VOLUNTARIADO PARA CONTROLE DE ESPÉCIES EXÓTICAS INVASORAS                             

 

O Instituto Hórus vem conduzindo campanhas de campo com voluntários no Parque Municipal das Dunas da Lagoa da Conceição desde 2010 para a remoção de Pinus spp. que são invasores na restinga. Durante um período, a FLORAM conduziu também saídas de educação ambiental no Parque com a mesma finalidade. Entre 2010 e 2011 o Instituto Hórus usou recursos de uma doação do Programa Global de Espécies Invasoras para remunerar dois motosserristas que cortaram a maior parte das árvores de grande porte no Parque Municipal.

Apesar desses esforços, ainda há árvores de grande porte no interior do Parque. O corte dessas árvores é prioritário para evitar que se renove o banco de sementes que permite a reinvasão e a expansão do problema a novas áreas. O Instituto Hórus não dispõem de recursos para contratar o corte dessas árvores e esse trabalho não pode ser realizado pelos voluntários.

Da mesma forma é urgente que as pessoas que moram ao longo das divisas do Parque Municipal, tanto na Avenida das Rendeiras como na Av. Osni Ortiga, removam de seus quintais quaisquer árvores de pínus para evitar que as mesmas sigam disseminado sementes para dentro do Parque Municipal.

O anúncio de saídas de campo é realizado através da página do Instituto Hórus no Facebook.

Você pode ajudar das seguintes formas:

a) participando das saídas de voluntariado;

b) arrancando plântulas de pínus ou cortando árvores jovens bem na base, rente ao chão, sempre que puder;

c) colaborando financeiramente com o Instituto Hórus com vistas a levantar recursos para o pagamento de motosserristas para cortar as árvores maiores;

d) se você conhece alguém que mora nos limites do parque, ou é o seu caso, removendo as árvores de pínus de seu quintal para evitar a propagação de sementes. Fale conosco

sobre que plantas nativas pode usar para substituir as árvores cortadas.

Fotos das plantas nativas que estão ameaçadas pela presença e pelo sombreamento de pínus

Veja fotos e vídeos do trabalho dos voluntários em nossa página no Facebook

Voltar